Baleia transfere R$ 6 bilhões em ETH da Binance e paga só R$ 3 de taxa

Baleia transfere R$ 6 bilhões na ETH da Binance e paga apenas R$ 3 de taxa | Portal Bitcoin

Uma baleia transferiu R$ 6,2 bilhões em Ethereum (ETH) de Binance para um endereço desconhecido na noite de quinta-feira (1º), conforme divulgou no Twitter o perfil Baleia Alert.

Para mover essa quantia bilionária sobre o blockchain, o usuário pagou apenas R$ 3 de taxa. Ao todo, foram 600,000 ETH transferidos de uma só vez em uma operação que demorou menos de um minuto para ser confirmada na rede Ethereum.

Ao analisar os dados públicos no blockchain, é possível notar que o endereço desconhecido que recebeu as criptomoedas foi criado recentemente e, até hoje, que só realizou essa transferência.

🚨 🚨 🚨 🚨 🚨 🚨 🚨 🚨 🚨 🚨 600,000 #ETH (1.280.174.902 USD) transferidos de #Binance a uma carteira desconhecidahttps://t.co/cb3gIZV0Cq

-Baleia Alert (@whale_alert) 2 de julho de 2021

O endereço desconhecido de éter tornou-se o 5º mais rico do mundo, armazenando 0,51% do total da oferta da moeda, informou a lista Etherscan. Ao incluir no ranking as carteiras em posse de corretoras, o endereço desce para a posição 15ª.  

Leia também

Reguladores contra Binance: Tailândia, Cingapura e as Ilhas Cayman alertam para operação irregular

Binância suspende saques e depósitos no Reino Unido

Binance responde a agência reguladora do Reino Unido: “Nenhum impacto na corretagem”

De acordo com o padrão da transferência, a comunidade especula que talvez não tenha se afastado de uma baleia-termo que se refere a uma pessoa detentora de grandes quantidades de criptomoedas.  

O cenário mais provável é que seja uma troca de fundos internos realizada pela própria troca, resguardando alguns dos ativos armazenados na própria carteira principal, para uma carteira fria em sua posse.  

O jornalista chinês Colin Wu disse em um tweet que recebeu a confirmação de Binance de que se trata de um endereço interno. O Portal Bitcoin procurou a corretora para verificar as informações, no entanto a empresa declarou que não poderia confirmar a origem da carteira.

Baleias de Ethereum

Grandes movimentações de baleias são acompanhadas de perto pela comunidade criptográfica pois podem causar um efeito sobre o preço do ativo.   A transferência ontem pode ser vista como positiva, já que tirou uma grande quantidade de tokens de uma troca. Ou seja, essas moedas não estão mais disponíveis para venda no mercado, diminuindo sua licitação.

Por outro lado, quando uma baleia envia de volta muitas criptomoedas a uma corretora, pode ser uma indicação de que eles serão despejados no mercado. Na semana passada, por exemplo, um usuário enviou R$ 700 milhões em Ethereum a Binance para uma possível venda maciça de tokens. Essa transferência aconteceu no dia 24 de junho, o exato momento em que o éter alcançou sua pior cotação em três meses.

Na sexta-feira (2) o ETH apresenta um pequeno ganho de 0,2% nas últimas 24 horas, no valor de 2.110. A moeda é negociada nas corretoras brasileiras em R$ 10.680, o Ethereum Price Index (IPE).

Tudo sobre: Binance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Após banir criptomoedas, China mira o Metaverso

Depois de proibir criptomoedas, China mira Metaverso

Depois que se tornou “destaque” da criptomoeda, a China agora parece que quer exercer o mesmo tipo de pressão no mercado de NFTs e no O Banco Popular da China, PBoC, falou ao National Financial Security Summit sobre sua…

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp