Banco BBVA começa a aceitar negociação com bitcoin na Suíça

Banco BBVA começa a aceitar negociação com bitcoin na Suíça | Portal Bitcoin

O banco espanhol Bilbao Vizcaya Argentaria (BBVA) comunicou nesta sexta-feira (18) que sua unidade em Suíça permitirá a partir da próxima segunda-feira (21) a negociação e a gestão de bitcoin a todos os clientes da banco privado. De acordo com a empresa, o objetivo para o próximo é estender o serviço já integrado ao aplicativo da instituição para outras criptomoedas.

De acordo com o CEO suíço do BBVA, Alfonso Gómez, a nova empreitada desistiu após seis meses de testes com um seleto grupo de usuários, o que permitiu tanto testes de operações quanto avaliações de segurança técnica. Diferente disso, diz a nota, durante o trajeto também pode detectar a busca pelo tipo de serviço pelos investidores criptoativos. A unidade suíça, no entanto, ressaltou que não oferecerá serviços de consultoria a clientes de criptomoedas.

” Estamos trazendo a qualidade do serviço bancário para o novo mercado de criptomoedas. Com esta oferta inovadora, o BBVA se posiciina como uma instituição de referência na adoção da tecnologia blockchain, ” Gómez ressaltou.  

Ainda de acordo com a nota, o BBVA disse que o novo serviço é limitado à Suíça por enquanto, justamente por conta do país possuir uma regulamentação clara sobre a adoção generalizada e adoção de criptomoedas, tokens e ativos digitais. Em breve, a ampliação dos serviços do banco em outros países dependerá da maturidade da jurisdição em relação ao assunto, demanda e regulação, concluiu a instituição.

Leia também

John McAfee diz que ficou sem dinheiro e sem bitcoin: “Não tenho nada”

A Suíça aprova lei e dá sinal verde para a tokenização de produtos em blockchain

A polícia espanhola prende quatro pessoas acusadas de roubar 380 bitcoins com pirâmide

A Suíça e a Estônia são dois dos países que atraíam empresas focadas em inovações tecnológicas como a tecnologia blockchain. O governo suíço, por exemplo, não mede esforços para atrair empresas de todo o mundo. Uma fintech fundada por brasileiros conseguiu até mesmo licença para se apresentar na Suíça, através de um certificado da agência reguladora local Finma, autoridade que supervisora o mercado financeiro do país.

Em fevereiro deste ano, a Suíça também aprovou um lei que dá o sinal verde para tokenização de produtos em blockchain. Uma coleção de vinhos foi a primeira a se tornar um valor mobiliante

Tudo sobre: EspanhaSuíça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp