Banco Central da China diz estar “muito preocupado” com as stablecoins

Banco Central da China diz que está ‘muito preocupado’ com as stablecoins | Portal Bitcoin

O governo chinês voltou a expressar sua desconfiança em relação às criptomoedas nesta quinta-feira (8) e o alvo da vez foram as stablecoins, ativos digitais parcelados a uma moeda fiduciária.  

De acordo com a CNBC, o vice-governador do Banco do Povo da China (PBoC), Fan Yifei, disse em uma conversa com .. repórteres que a entidade está “bastante preocupada” com os riscos que este tipo de criptoativo apresenta ao sistema financeiro global.

“As chamadas stablecoins de algumas organizações comerciais, especialmente as de stablecoins, podem trazer riscos e desafios para o sistema monetário internacional e para o sistema de pagamentos e liquidação.”

The Tether (USDT) é a stablecoin parcada para o dólar americano mais utilizado no mundo e um dos principais facilitadores do voo de capital da China.  

Leia também

China fecha empresa para fornecimento de software de negociação de criptomoedas

Cidades da China liberam pagamento de metrô com yuan digital

Emprega rouba R$ 1,1 milésimos da empresa, perde tudo no comércio com bitcoin e é preso na China

Um estudo de Chainalysis mostrou que 50 bilhões em Tether saíram do Leste da Ásia para outras regiões do mundo no ano passado, um dado que deve pesar sobre a repressão chinesa da criptomoeda mercado.

Fan Yifei continuou dizendo que o Banco Central ainda está “muito preocupado” com esse problema, e que estão “tomando alguns passos”.

Na terça-feira, por exemplo, reguladores banidos do país para o Beijing Qudao Cultural Development, uma empresa acusada de desenvolver software para negociação de criptomoedas.

Há algumas semanas, o O governo chinês já tinha feito um apelo às empresas e demais das instituições financeiras do país que restringem o acesso da população aos ativos digitais, em respeito às leis que proíbem esses serviços na região desde 2017.  

Competição com a CBDC

Uma outra razão que pesa na preocupação do governo chinês com as stablecoins é evitar a concorrência com a sua própria moeda digital do banco central ( CBDC), que vem sendo testado a todo vapor nos pais. De acordo com a declaração do vice-governador do PBoC, o sistema do yuan digital apenas para hóspedes já conta com mais de 10 milhões de usuários.

A preocupação com as stablecoins não se limita ao país asiático. Era mesmo a ideia de que as grandes corporações poderiam assumir o controle das moedas-como o Facebook com o projeto Diem -que os governos ‘ corrida para planejar a emissão de CBDCs ganhou impulso em todo o mundo.

Tudo sobre: CBDCChina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp