Banco Central do Brasil confirma vazamento de dados do PIX   Livecoins

Banco Central do Brasil confirma vazamento de dados da PIX-Livecoins

Um grande vazamento de dados de pessoas que estavam no PIX aconteceu na última quinta-feira (30/09), com o Banco Central do Brasil confirmando o incidente.

O caso ganhou a atenção vista já que é o primeiro vazamento de informações sobre o PIX, desde que o sistema entrou em operação em novembro de 2020. Dessa forma, não demorou nem um ano para o sistema ter problemas.

Vale a pena lembrar que o sistema PIX facilitou as transações entre pessoas e até mesmo meios de pagamentos instantâneos. Mas essa tecnologia tem sido criticada pela sociedade brasileira, por não oferecer segurança, depois de alguns casos de roubos de raios que chamaram a atenção.

De acordo com Bacen, o vazamento ocorreu no Banco Estadual de Sergipe S. A (Banese).

” Regido pelo princípio da transparência, o Banco Central do Brasil (BC) vem a público informar a ocorrência de vazamento de dados da chave Pix sob a guarda e a responsabilidade do Banco Estadual de Sergipe S. A (Banese), em razão de falhas pontuais em sistemas dessa instituição financeira. “

Quais dados foram alcançados pelo primeiro vazamento do PIX?

De acordo com a autárquica os dados vazados pelo incidente, que não são” raios “. Isso porque, senhas, informações de saldos financeiros, entre outros sob sigilo bancário permanecem intactas.

O que foi vazado então foram informações cadastrais de clientes do Banese, que não permitem o acesso às contas e nem as informações financeiras.

Assim, os afetados pelo incidente serão comunicados pelo aplicativo oficial do banco, com o Banco Central do Brasil informando que nem ele nem qualquer outra empresa entrará em contato com essas pessoas.

De acordo com o BCB, o caso será apurado em detalhes e este aviso foi feito apenas para manter a transparência de o caso, visto que há baixo impacto potencial para os usuários, na visão do município.

” Além disso, o BC adotou as ações necessárias para a apuração detalhada do caso e aplicará as medidas sancionatórias previstas no regulamento vigente. Mesmo não sendo exigido pela legislação vigente, por conta do baixo impacto potencial para os usuários, o BC decidiu comunicar o evento à sociedade, tendo em vista o compromisso com a transparência que rege a sua atuação. “

O que o Banese disse, instituição afetada pelo ataque?

Como está listado em bolsa de valores, o Banese enviou um comunicado aos seus investidores sobre o incidente, que pode ter sido fruto de um ataque de engenharia social.

O Banco Estadual de Sergipe S.A. (“BANESE ou Companhia”), banco múltiplo, constituído sob a forma de sociedade anônima de economia mista, comunica aos seus acionistas e ao mercado em geral que a sua área técnica detectou consultas indevidas a dados relativos a 395.009 chaves PIX, exclusivamente do tipo teleférico, de não clientes da Companhia, a partir do acesso de 02 (duas) contas bancárias de clientes do BANESE, provavelmente obtidos por engenharia social (phishing ou similar). A Empresa informa que o evento não afetou a confidencialidade de senhas, histórico de transações ou informações financeiras demais de seus clientes.

Na declaração, o banco informou que essas consultas foram feitas em um sistema sobre o controle do Bacen e acesso restrito às instituições.

A empresa ainda alertou para as fraudes que seus clientes poderão sofrer após este episódio, portanto, recomenda cautela com links suspeitos e mensagens de spams, que provavelmente serão enviados por putschists.

Siga os Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Anyswap

Anyswap

Em uma mensagem veiculada em uma transação, ele explicou como seria o retorno: 80% das criptomoedas retornariam às vítimas e 20% permaneceriam como ele, como uma espécie de Seu anúncio lê: ” White Hat aqui, me mande a transação…

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp