Biden planeja ações para dificultar acesso à criptomoedas por cibercriminosos

Biden planeja ações para dificultar acesso a criptomoedas por cibercriminosos

O governo dos EUA está trabalhando em uma série de ações, incluindo sanções, para reprimir o uso de criptomoedas em ataques de ransomware por cibercriminosos.

De acordo com uma matéria do The Wall Street Journal desta sexta-feira (17), pessoas com conhecimento de caso disseram que o O governo de Biden passará por uma triagem mais rigorosa dos fundos pagos aos hackers.

O Departamento do Tesouro dos EUA planeja impor sanções já na próxima semana, disse o relatório.

Além disso, o departamento emitirá uma nova orientação sobre os riscos associados com a facilitação de tais pagamentos de ransomware. Isso incluirá multas e outras penalidades.

O texto do WSJ acrescenta que as novas regras de combate ao branqueamento de capitais e ao financiamento do terrorismo também terão como objetivo limitar a utilização de criptomoedas para pagamentos em ataques de ransomware e outras atividades ilícitas. As regras devem chegar ainda este ano.

EUA querem impedir que hackers recebam criptomoedas

Em uma reunião virtual com membros do Congresso na quarta-feira (16), a vice-conselheira de segurança nacional, Anne Neuberger, disse que a Casa Branca montou uma “força-tarefa de ransomware”.

O objetivo é interromper as operações de ransomware, assim como confrontar o uso de criptomoedas em ataques. Ademais, a estratégia inclui trabalhar com aliados para encorajar outras nações a não abrigar agressores.

Neuberger apontou que não havia padrão de segurança cibernética para a indústria privada. Nesse sentido, seria até o Congresso estabelecer um procedimento para que isso acontecesse.

Hacker to the Colonial Pipeline

Em maio deste ano, o pipeline Colonial Pipeline foi destinado de um ataque de ransomware paralisante. O ataque à maior rede de transporte de combustível dos EUA resultou em um decreto de estado de emergência.

A ordenação chegou a 17 estados em todo o país e suspendeu as restrições de tempo para o transporte rodoviário de combustíveis.

Dias após o hack, acabou que a empresa pagou 5 milhões em Bitcoins aos hackers para liberação dos sistemas.

Cerca de um mês depois, o Departamento de Justiça disse conseguiu recuperar 5 2,3 milhões em Bitcoin da empresa.

Leia também: Vitalik Buterin propõe migrar a NFT para as segundas camadas de Ethereum

Leia também: A plataforma de tokens da SushiSwap perde R$ 15 milhões em ataque hacker

Leia também: Suposta pirâmide GAS diz que irá parar pagamentos até o desbloqueio de bens pela Justiça

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp