Binance enfrenta problemas em seis países, veja quais

Binância enfrenta problemas em seis países, veja quais | Livecoins

A corretora de criptomoedas Binance está enfrentando problemas em pelo menos seis países. Com os governos oculares no negócio, a empresa apresentou algumas respostas para os investidores negociando para a plataforma popular.

Detendo o maior volume de negociação de criptomoedas do mundo, principalmente no mercado à vista, a Binance é reconhecida como uma plataforma que lista vários projetos e pares de negociação, oferecendo aos comerciários de mercado uma grande variedade de serviços.

No Brasil a corretora assumiu a liderança este ano, assim como na América Latina. Mas mesmo aqui a empresa já teve alguns serviços proibidos pela CVM.

Binância com problemas em seis países

Alguns investidores viram nas últimas horas mais países girar o coro contra as negociações de criptomoedas disponíveis por Binance. Juntaram-se na lista a Tailândia, as Ilhas Cayman e Singapura, todas em menos de 24 horas.

Os três países ‘ as acusações, no entanto, acabaram sendo semelhantes, com todos declarando que a corretora não tem autorização para funcionamento e que está operando sem registro prévio.

Vale o destaque que o Reino Unido já havia feito uma recomendação contra Binance no último dia 27 de junho, que advertiu contra as atividades da bolsa também no último 25 de junho.

Em 2020 a Comissão de Valores Mobiliários da Malásia também havia emitido um aviso contra Binance, totalizando seis países contra a corretora. Se contasse a interdição parcial do Brasil, o número ainda poderia chegar a sete.

Lista de negócios proibidos pela CVM da MalásiaLista de negócios proibida pela CVM Malásia/SC

O que é A resposta de Binance sobre as questões recentes?

Com os avisos de governos se tornando mais frequentes no mercado, a Binance anunciou na última quinta-feira (1), uma parceria com a empresa Ciphertrace. Assim, a corretora declarou que implementará a regra de viagem, que é uma regra imposta pelo GAFI.

” A CipherTrace Traveller oferece suporte para a detecção e prevenção de agentes maliciosos, bem como para o nosso compromisso com a conformidade com os regulamentos de regras de viagens globais. “

Para garantir a segurança contínua, temos o prazer de anunciar que #Binance está implementando @ciphertrace Traveler.

O CipherTrace Traveler suporta a detecção e prevenção de maus atores, bem como nosso compromisso com a conformidade dos regulamentos de regra de viagens globais.https://t.co/6p9hMQxDLk

-Binance (@binance) Julho 1, 2021

Já o fundador da corretora, CZ, compartilhou no Twitter que não vai se concentrar em brigas, mas sim na resolução dos problemas que chegaram ao conhecimento da empresa.

” Para quem nos tem acompanhado / apoiado, saiba que não fazemos debates / brigas, focamos na solução de problemas, e nós iremos. Como sempre, obrigado por sua confiança e apoio! Continuaremos a crescer juntos. “

Para aqueles que têm seguido / nos apoiando, você sabe que não nos envolvemos em debates / lutas, focamos em problemas atuais, e vamos. O sempre, obrigado por sua confiança e apoio! Continuaremos a crescer juntos. 🙏

-CZ 🔶 Binance (@cz_binance) 2 de julho de 2021

Com uma grande operação, ela já mostra que começa a ser observada com atenção por governos, que esperam regular as empresas envolvidas com criptomoedas.

Claro que, para quem estudou os fundamentos das criptomoedas, fica claro que corretagem não é carteira, e os usuários do Bitcoin devem entender esse pensamento que foi compartilhado pelo próprio inventor da moeda, que queria um dinheiro sem intermediários desde o seu início.

Siga os Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp