Bitcast: Tokenização de ativos no esporte é tema de podcast cripto

Bitcast: Tokenização de ativos no esporte é tema de podcast de criptomos

O mercado de esportes, principalmente de futebol, aderiu fortemente à tokenização de ativos, com tokens de fãs, tokenização dos atletas ‘ passam e outras iniciativas que geram uma nova fonte de renda para os clubes. 

E foi sobre isso que Bitcast, o podcast brasileiro de criptomoedas e blockchain, tratou em seu episódio 57º que foi ao ar na sexta-feira (1º).

O podcast foi apresentado por José Domingues da Fonseca, advogado e entusiasta de criptomoedas, Paulo Aragão, especialista em criptomoedas e cofres do CriptoFácil, e Gwin, o “hacker do bem” do Bitcast.

Abraços de futebol blockchain

Como mencionado, no programa, os apresentadores falou sobre a tokenização de ativos no setor esportivo.

Entre outras coisas, eles explicaram como os tokens de fãs podem impactar na popularização do blockchain e o que é mecanismo de solidariedade que alguns clubes tokenizaram. 

Como explicou José da Fonseca, a tokenização é um processo bastante semelhante ao processo tradicional de securitização. No entanto, seu diferencial é a tecnologia e a eficiência embutidas

É sobre a emissão de um token, em uma plataforma blockchain, que representa um ativo real. As especificações estão descritas em contratos inteligentes (contratos inteligentes).

E é isso que alguns clubes brasileiros, como o Vasco da Gama, estão fazendo com o chamado Mecanismo de Solidariedade da Fifa.

Ativo Tokenization

De acordo com Paulo Aragão, esse mecanismo garante ao clube que formou um atleta em suas categorias de base um percentual do valor da transferência daquele atleta. Ele explicou como foi o processo com o Vasco:

” O Mercado Bitcoin Digital Assets, junto com o Vasco, escolheu 12 atletas que foram formados na base do Vasco. E tokenizou esses mecanismos de solidariedade. Então, seja qual for a transferência acontecer com esses 12 jogadores, quem comprou o Vasco Token ganha uma fração disso. “

Aragão apontou que a tokenização desse mecanismo democratiza o investimento no esporte, já que inclui mais pessoas naquele mercado.

Além disso, para os clubes, gera uma antecipação de recebíveis. Afinal, hoje, os clubes precisam esperar a negociação para ser realizada para receber o percentual do mecanismo de solidariedade.

Se você quiser saber mais sobre esse assunto, eu não parei de ouvir o novo episódio do Bitcast.

Leia também: Milhares de contas da Coinbase invadiram devido à vulnerabilidade

Leia também: Após aprovação de ‘pedalada’ na economia dos EUA, Bitcoin sobe mais de 10%

Leia também: EUA não proibirão o Bitcoin como fez a China, garante o presidente do Fed

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Anyswap

Anyswap

Em uma mensagem veiculada em uma transação, ele explicou como seria o retorno: 80% das criptomoedas retornariam às vítimas e 20% permaneceriam como ele, como uma espécie de Seu anúncio lê: ” White Hat aqui, me mande a transação…

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp