Candidato a presidência do Chile pede cautela com Bitcoin

Candidato presidencial do Chile pede cautela com Bitcoin | Livecoins

Ignacio Briones, candidato a presidente pelo Chile e ex-ministro da Fazenda no país, pediu cautela com o uso do Bitcoin. Para ele, o país deve impedir o uso de tecnologia para ações de fraude antes de permitir o uso em larga escala.

Vale o destaque de que as eleições presidenciais no Chile acontecem em 21 de novembro. Em meio a isso, o país decidiu reformar todas as suas leis, com uma assembleia constituinte iniciando as obras já no próximo domingo (4).

O discurso de Briones aconteceu durante um evento organizado pela corretora Buda.com, que é uma das maiores do país, no evento chamado “Conectado com o Chile 2021”, que aconteceu na última quinta-feira (1).

Candidato à presidência pelo Chile está animado com a adição de fintechs em lei, mas pede cautela com uso de Bitcoin

A América Latina aguarda conhecer o próximo país para se juntar ao Bitcoin como meio de pagamento em larga escala. Rumores sobre a entrada do Paraguai já aconteceram, com um MP alegando que vai propor uma lei ainda neste mês de julho.

A medida vem depois que El Salvador legaliza criptomoedas em seu território, primeiro país a fazer o movimento.

Viver um cenário de mudança, o Chile poderia ser outro candidato a implementar o Bitcoin, mas não será tão fácil assim que, segundo Ignacio Briones, ex-ministro da Fazenda e atual candidato à presidência.

Animado com a criação de uma lei fintech no Chile, Ignacio não acredita que o país esteja ainda preparado para a adoção do Bitcoin em um grande escala. Em sua opinião, a criptomoeda deve ser muito bem regulada pelo Estado chileno, principalmente para evitar fraudes no sistema financeiro.

Além disso, o candidato à eleição presidencial ainda acredita que o preço de mercado da criptomoeda é muito volátil, algo que pode se tornar um problema.

Durante a participação em um evento organizado por uma corretora de Bitcoin, Ignacio afirmou que acredita mais em uma tecnologia de moeda digital do banco central, como tem sido planejado por outros países.

Vale o destaque que o Chile inicia um processo de alteração da constituição, que deveria alterar as regras em vigor que foram criadas ainda durante a ditadura militar de Pinochet. Mesmo assim, dificilmente as novas leis devem citar Bitcoin como moeda no país.

Bom lugar para mineração de Bitcoin, declarou Ignacio

Mesmo sem demonstrar que é um apoiador do uso do Bitcoin em breve no Chile, Ignacio Briones reconheceu que o país é um local propício para a mineração de criptomoedas.

De acordo com ele, o sul do Chile, com ventos da Patagônia, é possível gerar energia renovável. Já para o chileno, com grande radiação solar, a região também poderia receber mais fazendas de mineração com baixo impacto para o meio ambiente.

Não está claro que, caso Ignacio chegue à presidência, ele permitirá que tais instalações no Chile.

Vale o destaque que naquele país as corretoras, assim como no Brasil, enfrentam uma longa disputa contra bancos, que fecharão suas contas unilateralmente.

Siga a Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp