Foto:  Shutterstock

Criptomoeda brasileira tem código criado para prejudicar quem comprar | Portal Bitcoin

Titulares da shitcoin Xiglute Coin (XGC), lançada no final de abril, experienciam a todo custo gerar um hype em torno da moeda, com base no padrão ERC-20 de Ethereum. O alegado criptoativo, no entanto, acumula uma série de características suspeitas que colocam em xeque o projeto, criado pelo empresário Dário Cândido de Oliveira, de Uberlândia (MG).

O primeiro sinal de alerta é a concentração de moedas nas mãos de seu criador. O XGC, que nasceu para ser o token nativo de uma rede social de mesmo nome, fundado por Oliveira em 2013, tem um fornecimento de 210 trilhões de tokens. Desse total, porém, menos de 1% é distribuído entre os 2,1 titulares. Os 99% restantes-mais de 208 trilhões de XGC-estão concentrados no endereço da mãe, sob controle do desenvolvedor que criou o projeto.

” Ele (proprietário) pode vender tudo o que deseja a partir do momento em que a moeda está em mais trocas e valorizando. Quem comprou o token achando que a plataforma tem milhões de usuários e vai valer alguma coisa um dia, vai acabar tendo seu dinheiro jogado fora, ” avalia o desenvolvedor e fundador da plataforma Coinsamba, Gustavo Toledo, em uma breve análise do projeto a pedido da história.

Código esconde comando malicioso

O problema mais grave, no entanto, está oculto no código de criptomoedas. O Sniffer Token, um site que realiza a auditoria automatizada de um contrato em busca de linhas de códigos maliciosos, descobriu que no contrato inteligente de Xiglute Coin (XGC) existe um comando que permite ao desenvolvedor pausar todas as transações no momento que desejar.

Leia também

A história de Sam Bankman-Fried, o criador do FTX que se tornou o maior rival da Binance

Litecoin (LTC) e Internet Computer (ICP) escalam mais de 10% neste sábado

Axie Infinity (AXS) dispara 20% em poucas horas e atinge novo recorde

” Como o token tem um contrato pautilizável, o desenvolvedor pode-quando o token vale alguma coisa-fazer a venda das moedas que possui e depois pausar o contrato. Ninguém que tenha o token na carteira será capaz de transferí-lo “, explica Toledo.

imagem04-09-2021-20-09-00Teste mostra o comando malicioso de ‘simples’ sobre o contrato inteligente de Xiglute Coin. (Fonte: Token Sniffer)

Na opinião do especialista, que já revelou problemas no código de outro shitcoin brasileiro, o REAU, é normal usar partes de um contrato genérico de ERC-20 para criar um token. O comando de pausas, no entanto, foge da normalidade e é um sinal vermelho.  

Mais suspeitas

Outra característica da moeda que levanta suspeitas é a sua forma de compra. De acordo com o tutorial publicado no grupo do Telegram, o usuário precisa fazer um Pix para a conta no Banco do Brasil da XIGLUTE LTDA SOCIAL NETWORK para que o próprio projeto envie os tokens para o seu endereço.  

Diferentemente de uma compra normal direta no blockchain que acontece praticamente instantânea, o usuário precisa esperar até três dias para ter os tokens em suas mãos. Apesar do prazo, o grupo no Telegram de Xiglute Coin está repleto de usuários reclamando do atraso no recebimento das moedas.

imagem04-09-2021-20-09-01denúncia do usuário no Telegram de Xiglute.

O XGC tem pouca liquidez nas duas bolsas em que está listado. De acordo com o CoinMarketCap, o ativo está disponível nas corretoras P2PB2B e Txbit.io. No primeiro, o XGC tem um volume de 160, já no último o livro de ofertas está praticamente parado, com um volume de 0,02 nas últimas 24 horas.

Outra falha do XGC é o seu white paper, que é praticamente uma cópia idêntica da Papel branco do SafeMoon. O documento essencial para qualquer projeto de criptomoedas não tem quase nenhum texto original, com a desenvolvedora limitando-se a apenas alterar o nome e os valores das taxas.

imagem04-09-2021-20-09-05Comparação entre o papel branco da SafeMoon e o Xiglute Coin.

Propaganda enganosa

O projeto por trás da moeda mascara esta série de problemas investindo pesado em marketing e engenharia social para vender a falsa promessa de que todos os titulares serão ricos quando a shitcoin valorizará no futuro.   Os 6 usuários que participam do grupo Telegram do XGC também são incentivados todos os dias por moderadores a falarem bem do token nas redes sociais e a elogiá-lo em páginas do setor.

Em ao vivo transmitido no mês passado, o criador do projeto, Dario Cândido de Oliveira, disse que a plataforma desconhecida é a “maior rede social brasileira”, tem alegadamente mais de 22 milhões de usuários em todos os países do mundo e é capaz de chegar a lugares que “nem mesmo o Google entra”.

Também mostrou a valorização que respeitadas criptomoedas no mercado-como bitcoin -tiveram ao longo dos anos persuadir os usuários de que o mesmo acontecerá com a Xiglute Coin.

” Se eu investir 1, eu teria 500 milhões de Xiglute Coin (XGC) … No futuro, eu receberia um milhão de dólares. […] O risco aqui é ficar multimilionário, eu quero que você compre essa ideia junto comigo “, promete o apresentador ao vivo dizendo que ele fez até sua avó comprar shitcoin.  

Ele ainda falou que o XGC ” é a criptomoeda brasileira melhor ranqueada no CoinMarketCap. Isso é fortissimo, é uma informação poderosa “.   E falso.

A classificação XGC atual no agregador é 3.456º, muito distante de outros tokens que surgiram no país como Hathor (295º), Moeda (804º), Lunes (1.403º) e muitos outros.

Outra imprecisão foi a asserção de que criptomoedas está listado em Coinbase, o maior corretagem de criptomoedas dos EUA. Darius chegou a sugerir que possui alguma relação com a troca: “Já estamos com uma espiadinha lá e em algumas conversas com eles; vem novidade indo para frente.”

A criptomoeda, na verdade, aparece no agregador de preços da Coinbase, ao lado de milhares de moedas que são exibidas de forma automática dependendo de sua capitalização de mercado.  

De acordo com CoinGecko, o XGC esta valendo R$ 0,000012 na terça-feira (31), cerca de 90% a menos do que sua máxima histórica de R$ 0,0001 que alcançou durante um pico isolado em maio.  

A moeda também se mostra bastante volátil, com grandes variações de preço a cada grande movimento de peso que acontece no blockchain, já que é possível notar no gráfico dos últimos 7 dias.

  • imagem04-09-2021-20-09-10

Oscilações de preços de Xiglute Coin nos últimos 7 dias. (Fonte: CoinGecko)

De olho no scam

Milhares de criptomoedas sem fundamento são lançadas todos os dias no mercado e uma parte significativa surge com o único objetivo de sugar os investidores ‘ dinheiro enquanto os desenvolvedores ficam ricos através de bomba e dump.

Pump e dump.

Pump e dump.

Pump e dump.

Pump e dump.

Pump e dump é um scam que possui a maioria dos tokens inflar seu preço e quando atingir um pico, ele resolve tudo no mercado, fazendo com que o ativo deixe cair e deixando todos os titulares menores na lesão.  

Para evitar armadilhas, os especialistas pedem às pessoas que pesquisem muito bem uma criptomoeda e seus fundamentos antes de investir qualquer dinheiro. Além disso, recomenda-se também a busca por informações sobre os envolvidos no projeto.

A reportagem contatou os responsáveis pelo Xiglute Coin (XGC), mas eles não responderam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp