Em evento brasileiro, Vitalik Buterin fala sobre financiamento de projetos de código aberto

Em evento brasileiro, Vitalik Buterin fala sobre financiamento de projetos de código aberto | Portal do Bitcoin

O co-criador do EthereumVitalik Buterin participou na noite desta quinta-feira (8) do webinar ‘Futuro Radicals: freedom to transformar’, promovido pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), entidade ligada ao Ministério da Economia.

O homem por trás da segunda maior criptomoeda do mundo apresentou um algoritmo que se tornou uma solução para apoiar os diferentes projetos de código aberto desenvolvidos no ecossistema Ethereum: financiamento quadrático.

Este tipo de financiamento que Buterin estuda desde 2018 é uma espécie de crowdfunding que combina contribuições de pequenos doadores com uma piscina de investimentos maiores. O objetivo é garantir que os projetos mais relevantes recebam os maiores apoios.

O financiamento quadrático funciona da seguinte maneira: se em uma rodada de investimento o projeto A ganha R$ 10 de dez contribuidores diferentes, e o projeto B ganha R$ 10 de apenas um apoiador, o primeiro projeto receberá uma quantia muito maior do conjunto de investimentos existente porque ele conta com mais apoiadores, ou seja, é mais valioso para a comunidade.

Leia também

Criador da Ethereum organiza provas para desmascarar o falso Satoshi Nakamoto

Criador de Ethereum, Vitalik Buterin, falará em um evento promovido pelo governo brasileiro

Vitalik Buterin responde a Elon Musk e explica os problemas da Dogecoin

A ideia central de esse esquema é para dar ao poder as escolhas que se afastam das pessoas comuns e previnem apenas aquelas iniciativas que estão no radar dos grandes investidores, têm chances de se desenvolver.

Gitcoin Grants

Para explicar como funciona o financiamento quadrático na prática, Vitalik Buterin apresentou o Gitcoin Grants, uma iniciativa Ethereum que permite que a comunidade financie projetos de software livre.

A Gitcoin já realizou nove rodadas de investimento com piscinas financiadas pela Fundação Ethereum e Consensys, usadas para potencializar a doações pequenas da comunidade.

Os testes foram bem sucedidos e projetos que geralmente não conseguiam levantar fundos, recebiam financiamento significativo. Buterin destacou que o experimento também foi uma chance para os usuários sinalizarem o que consideram importante para a rede.

Ele citou como exemplo um caso em que a comunidade criou um fundo para desenvolvedores para acelerar a implementação do EIP-1559 -uma melhoria que reduz as taxas da Ethereum, previsto para chegar em agosto.

” Alguém iniciou um fundo de apoio EIP-1559 que recebeu uma grande quantidade de doações, quase metade do valor doado em uma rodada inteira das Bolsas de Gitcoin. Foi fascinante porque não era apenas um financiamento, era também uma forma de a comunidade protestar coletivamente e dizer ‘ei desenvolvedores, achamos que isso é algo muito valioso que você deve levar com mais seriedade’.

Por outro lado, Buterin destacou que há diversos problemas que precisam ser aprimorados para o uso do algoritmo em grande escala, como encontrar uma maneira de garantir apenas uma contribuição por pessoa, bem como para evitar que projetos manipulem as doações.

Durante o webinar, a discussão sobre o financiamento quadrático expandiu-se para sua utilização em outros setores de sociedade e não apenas um interesse específico-no caso da Ethereum, do código de código aberto.

Entre os outros especialistas que discutiram o tema com Vitalik esteve a parlamentar na Canadian House of Commons, Michelle Rempel; a especialista líder em design de incentivo, Zoë Hitzig; e a desenvolvedora e co-fundadora do projeto clr.fund, Auryn Macmillan.

A participação de Buterin no evento está disponível no YouTube. (vídeo abaixo)

Tudo sobre: Vitalik Buterin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp