Ideia legislativa propõe que Brasil compre Bitcoin como reserva de valor

Ideia legislativa propõe que o Brasil compre Bitcoin como reserva de valor | Livecoins

Uma ideia de um projeto de lei para o Brasil comprar o Bitcoin como reserva de valor foi uma proposta de um brasileiro ao Senado Federal. A inspiração foi o movimento feito por El Salvador no mês de junho deste ano.

No caso de El Salvador, o presidente Nayib Bukele falou em um evento que seu país passaria por uma lei sobre a moeda digital. Em poucos dias, a proposta chegou ao congresso do pequeno país centro-americano, que o aprovou com folga, como havia previsto o comandante do executivo.

Assim, Bitcoin tornou-se moeda de licitada legal pela primeira vez, e pode ser aceita como meio de pagamento por qualquer cidadão local. O caso chamou a atenção no mundo todo.

Brasileiro quer que o Brasil aprove lei para comprar até 10% de reservas em Bitcoin

Um entusiasta do Bitcoin chegou até mesmo ao portal de ideias legislativas do Senado Federal para propor ações incomuns no país. Morador da Bahia, Gustavo Gomes foi até o portal para pedir ao Brasil que se posicione no mercado de criptomoedas.

Para propor uma ideia legislativa, qualquer brasileiro pode se cadaspar no portal propor leis ou até sugerir mudanças nos atuais. Após a publicação da proposta, há um prazo para que ele receba pelo menos 20 apoios públicos, de modo que só assim será encaminhado para a Comissão de Direitos Humanos e Legislação do Senado Federal (CDH).

A proposta pede que o Brasil compre Bitcoin como reserva de valor.

” TENDO EM VISTA DOS AVANÇOS TECNOLÓGICOS É NECESSÁRIO QUE NOSSO PAÍS ADQUIRA PELO MENOS 5% ~ 10% DO TOTAL DA OFERTA DE BITCOIN. PRÓXIMA MOEDA MUNDIAL USADA COMO RESERVA DE VALOR PELOS PAÍSES. “

Como a oferta atual de Bitcoin no mercado é de 18.773 milhões de BTCs, o brasileiro espera que o governo compre entre 938.697 e 1.877.395 bilhões de criptomoedas como reserva de valor.

Considerando o preço da Bitcoin no mercado hoje, em R$ 206 por moeda, uma compra dessa magnitude pelo Brasil custaria entre R$ 193.622.244.401,00 e R$ 387.450.909.106,00, valor do qual o país tem a disposição em caixa de reserva. A proposta não deu ideia de qual seria a fonte do recurso para aquela compra bilionária.

Vale o destaque que o misterioso criador do Bitcoin tem cerca de 1 bilhões de moedas de mil milhões de dólares, com a proposta idealizando que o Brasil tem quase o mesmo tanto, ou mais, que Satoshi Nakamoto.

Brasil comprar Bitcoin, ideia legislativa /Reprodução

Poderia Bitcoin ser considerada uma opção na forma como funciona o sistema de reservas do Brasil hoje?

Deve a proposta do brasileiro receber 20 apoios e vir a ser aprovada pelo Senado Federal, um cenário ainda bem distante, poderia sim alterar o sistema de reservas internacionais do BCB.

Hoje em dia, o Banco Central do Brasil trata as reservas internacionais como um seguro para o país em moedas estrangeiras. Vale ressaltar que como o Bitcoin é uma moeda de licitada legal em El Salvador, então poderia ser considerada uma moeda estrangeira pelo BCB.

No último relatório de reservas internacionais, em março de 2021, o BCB declarou que o Brasil fechou o ano de 2020 com 355,62 bilhões em caixa.

Ou seja, o Brasil até tem um valor para comprar Bitcoin como moeda de reserva, mas teria que vender um bom pedaço do que detém em dólar por isso. Não está claro se este é um movimento possível e a proposta ainda não demonstrou força para chegar até o Congresso Nacional para avaliação.

Siga os Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp