Placas de vídeo usadas podem estar sendo vendidas como novas no Brasil   Livecoins

Placas de vídeo usadas podem estar sendo vendidas como novas no Brasil-Livecoins

De acordo com testes realizados pela TecLab, laboratório especializado em testes de componentes, placas de vídeo de uma das empresas líderes em venda no Brasil, a Afox, estão sendo comercializadas como novas, embora apresentem sinais de uso.

Além dos componentes apresentarem desgaste visível, a TecLab também aponta que a Afox não informa que a diretoria analisada não tem o mesmo desempenho dos mesmos painéis de modelos de outros fabricantes.

Isso está relacionado ao processador gráfico, da geração inferior, bem como ao fato de possuir um relógio efetivo menor das memórias e taxa de Menor transferência quando comparada a modelos de outras empresas.

Plates renovados

A alta demanda do mercado por placas de vídeo, tanto por parte de mineiros, que estão usufruindo do bom momento do Ethereum, quanto dos gamers, causou um aumento no preço desses equipamentos. Outro ponto a notar é a chegada dos cartões LHR, com limitação de energia de mineração, fazendo com que os mineiros busquem outros modelos.

Devido a esse cenário, alguns fabricantes de placas de vídeo podem estar reutilizando componentes essenciais para a performance dos mesmos. A prática foi relatada pela TecLab ao realizar testes com uma diretoria da Afox, comprada como nova em uma das maiores lojas da Brasíl.

“Você está literalmente comprando uma placa com o desempenho de um RX470 de 8GB e não um RX580”

De acordo com os testes, o RX580 da Afox apresenta componentes inferiores quando comparados a modelos de outros fabricantes, como a Sapphire. Assim como outros componentes apresentam marcas de uso, especialmente em sua coloração.

É importante lembrar que a TecLab trabalha com a Galax (NVIDIA), empresa concorrente da Afox. Apesar deste Ronaldo da TecLab mostrar seu apreço por outros concorrentes como Asus, MSI, Gigabyte, PowerColor, bem como pela AMD, rival da NVIDIA.

Além disso, foi apontado que tanto a AMD quando as lojas que vendem esses produtos não têm qualquer relação com essa prática, já que carecem de conhecimento. Nem mesmo os consumidores têm conhecimento em um primeiro contato, já que seus componentes externos apresentam estado novamente.

De acordo com a Afox

De acordo com outro vídeo da TecLab publicado na última sexta-feira (29), a Afox emitiu um comunicado sobre os testes, mencionou que o canal teria realizado um teste não factual, enganando os consumidores e prejudicando a reputação da empresa.

Já em outro vídeo, publicado segunda-feira (1), Ronaldo da TecLab comenta que a Afox entrou em contato com ele visando, entre outros pontos, para melhorar os serviços da empresa para recuperar sua reputação no Brasil.

O Livecoins entrou em contato com a Afox por e-mail nesta terça-feira (2), até o fechamento de matéria que a empresa não respondeu, o espaço está aberto.

Compre Bitcoin on Coinext Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora do Brasil mais segura. Cadaselhe-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br.

Siga os Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp