Políticos paraguaios apresentam na quarta projeto de lei para regular o bitcoin

Políticos paraguaios se apresentam em quarto projeto de lei para regular bitcoin | Portal do Bitcoin

O representante Carlitos Rejala e o senador Fernando Silva Facetti, ambos do Paraguai, apresentarão nesta quarta-feira (14) ao congresso do país um projeto de lei com foco na regulação de bitcoin e criptomoedas.

O anúncio foi feito por Rejala na semana passada, via Twitter. No post, o MP-que venteou em junho a possibilidade de criar uma legislação para o setor-não especificou como será a proposta. Ele disse apenas que “haverá uma mega-surpresa para o Paraguai e para o mundo”.

No final do mês passado, no entanto, o político falou à agência de notícias Reuters que a iniciativa será focada na regulação do setor, diferente da ‘Law Bitcoin’, passou em El Salvador.

“É uma proposta de ativos digitais que difere de (aprovada) em El Salvador porque lá eles estão tomando o BTC como moeda legal e no Paraguai será impossível fazer algo assim”, disse o político.

Leia também

Projeto DeFi é hackeado e derruba preços de outras 18 moedas

TV Record mostra momento da prisão de Cláudio Oliveira, o falso Rei da Bitcoin do Brasil

Binância removerá três criptomoedas da plataforma esta semana

” Queremos que os reguladores e os bancos também participem para que os paraguaios ou estrangeiros possam operar legalmente com esses ativos, porque sabemos que há transações ilegais aqui e em outros países, ” completou.

No mês passado, El Salvador foi o primeiro país do mundo a adotar o BTC como licitao legal, decisão que deu ao criptomoedas o mesmo status que o dólar americano, moeda oficial da nação.

Estou aqui para unir o Paraguai 🇵🇾, foi por isso que nos tornamos com o senador @FSilvaFacetti para apresentar junto a conta #bitcoin na quarta-feira, 14 de julho!Fique atento desde que haverá uma mega surpresa para o Paraguai e o mundo. Algo GIGANTE está chegando 🌍#Bitcoin #btc

-Carlitos Rejala 🙏🇵🇾🙌 (@carlitosrejala) 9 de julho de 2021

Mineração no Paraguai?

Além da regulação do setor, a proposta prestes a ser apresentada pode também englobar a mineração de criptomoedas, que vem sofrendo com o aumento de o A repressão da China.

Em junho, a própria Rejala publicou um tweet, com a hashtag ‘bitcoin’, indicando que o país poderia usar no futuro a força do ‘ binacionais. ” Nomes de empresas não foram citados, mas ele se referiu à usina Itaipu Binacional, localizada na fronteira entre o Paraguai e o Brasil.

“Vamos olhar para um futuro onde a energia de nossas empresas binacionais servirá como um investimento em um futuro muito inovador”.

Nós Mioar a un futuro donde la energía de nuestras binacionales sirvan a una inversión a un futuro muy inovator. #Bitcoin. pic.twitter.com/HrZi8YOpbB

-Carlitos Rejala 🙏🇵🇾🙌 (@carlitosrejala) 17 de junho de 2021

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Após banir criptomoedas, China mira o Metaverso

Depois de proibir criptomoedas, China mira Metaverso

Depois que se tornou “destaque” da criptomoeda, a China agora parece que quer exercer o mesmo tipo de pressão no mercado de NFTs e no O Banco Popular da China, PBoC, falou ao National Financial Security Summit sobre sua…

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp