Carteira movimenta Bitcoin após 9 anos e um lucro de 731.891%

Portfólio movimenta Bitcoin após 9 anos e um lucro de 731.891%

Um endereço inativo de Bitcoin desde 2012 voltou a registrar atividade nesta segunda-feira (12), conforme divulgou o perfil Baleia Alert. A carteira, que contém 791 Bitcoins (BTC), realizou uma transferência de 100 BTC para outro endereço.

O fato despertou a curiosidade das pessoas que interagiram com a publicação. As especulações vão desde a recuperação de senha até uma nova rica realização de lucros. Na verdade, movimentações em carteiras paradas há anos são geralmente associadas ao criador do BTC Satoshi Nakamoto.

Bitcoin BTC

Portfólio faz primeira retirada desde 2012

Como mencionado, o endereço fez uma transferência de 100 BTC. No total, o endereço contém cerca de R$ 135,4 milhões na listagem atual, enquanto a retirada foi de R$ 16,9 milhões.

Seguindo a movimentação, ele ainda permanece no portfólio da BTC de 640. Desde então, nenhum outro saque ou depósito foi registrado no endereço.

Bitcoin BTC

Moços como estes têm acontecido com frequência em 2021. Os mais recentes ocorreram em fevereiro e, como CriptoFácilrelatou, partiram de dois endereços ainda mais antigos-criados em 11 de junho de 2010.

Na ocasião, cada endereço movimentou cerca de 50 BTC. O objetivo das movimentações foi evitar um ataque de poedeiros, ataque que visa descobrir a quem pertence uma carteira.

Nesse ataque, alguém envia quantidades íntimas de criptomoedas para diferentes pastas, visando traçar os movimentos e descobrir a quem pertencem. Curiosamente, este endereço também foi alvo de um ataque empoeirado, já que é possível identificar várias pequenas transações recebidas.

Bitcoin BTC

Usuários especulam no Twitter

Além de possível proteção contra ataques, a transação gerou outras especulações entre os usuários. O mais frequente deles foi que, na verdade, teria sido alguém que recuperou o endereço de sua carteira.

De acordo com a empresa de pesquisa Chainalysis, estima-se que existam 3,7 milhões de BTC perdidos, especialmente por usuários que criaram uma carteira e esqueceram a senha. Nesse sentido, a única maneira de recuperar essas criptomoedas é localizando a senha perdida.

Outro motivo para a perda do BTC é a perda da própria carteira. Na verdade, um usuário especulou sobre essa possibilidade: “Eu sempre me perguntei quantos computadores vendidos no ferro-velho têm uma carteira de criptomoedas”.

Além disso, é válido teorizar o quanto o dono desta carteira lucrou com a valorização do BTC. Em 2012, a criptomoeda encerrou o ano no valor de cerca de R$ 25, já na citação ajustada. Isso significa que o 740 BTC provavelmente foi adquirido em R$ 18,5.

Levando em conta o preço atual de R$ 135,4 milhões, o investidor misterioso obteve um retorno estratosférico de 731.891% em pouco mais de 9 anos.

Leia também: A recuperação do Bitcoin pode valorizar 4 criptomoedas; saiba quais

Leia também: O Brasil continua mais promissor para o Bitcoin do que El Salvador, diz empreendedor

Leia também: CEO da FTX: Bitcoin não será afetado pela venda de cotas da Grayscale

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp