Real Digital não vai ser a moeda dominante, diz diretor do Bacen

Real Digital não será a moeda dominante, diz diretor do Bacen

O Banco Central do Brasil (Bacen) revelou novos detalhes sobre o projeto de moeda digital do Banco Central brasileiro. De acordo com o economista Fabio Araujo, responsável pelo projeto nacional do CBDC , o real digital não substituirá o dinheiro físico e nem será a moeda dominante da nação.

Diferentemente do que vem ocorrendo na China, onde o yuan digital deve ser a moeda dominante da nação, no Brasil, o real digital será apenas mais uma forma de dinheiro.

Como explicou Araujo, o Brasil já tem formas eficientes de pagamento e transferência de dinheiro que atendem à economia digital. Isso inclui o PIX que, segundo ele, ajuda a resolver o problema do desbancado.

“Consideramos que o PIX já oferece os instrumentos para esse mecanismo de banalização”.

Real Digital

Ainda segundo o economista, a moeda digital do Brasil será mais uma opção para ferramentas de economia digital.

” Vemos que tem ganhos ainda a serem feitos. Mas no trabalho do Banco Central a principal ferramenta na inclusão da bancarização é por meio de ferramentas que já estão disponíveis. A CBDC vai ser mais uma opção, mas não vai ser que o diferencial do CBDC, ” disse.

Araujo disse também que outros produtos ainda precisam ser lançados antes do real digital. Isso porque eles ajudarão a facilitar a adoção da moeda digital brasileira. Como exemplo, o economista citou o Open Banking, cuja segunda fase foi lançada na sexta-feira (13)

Sobre o uso de blockchain para implementação do real digital, o economista disse que as pessoas não se importam com a privacidade quando confiam em uma instituição. Por isso, esse debate sobre o uso de blockchain “s é bobo”.

” (privacidade) não é a visão da maioria das pessoas. A maioria das pessoas não tem nenhum problema em ter seus dados em um banco de dados centralizado desde que tenham confiança na instituição que está fazendo a guarda desses dados, já que hoje nossos dados estão sobre os bancos, os bancos centrais e os governos. Temos esperança de manter esse mesmo nível de privacidade que está disponível para o cidadão com a nova moeda digital. “, disse ele.

Leia também: Mercadante é morto após não pagar resgate em Bitcoin

Leia também: Blockchain nas eleições: OriginalMy e TSE são convocados

Leia também: B3 libera produtos derivativos vinculados a criptomoedas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp