Sistema do Tesouro Nacional sofre ataque ransomware

Sistema do Tesouro Nacional sofre ataque de ransomware | Livecoins

O Ministério da Economia identificou um ataque de ransomware à rede interna da Secretaria da Fazenda Nacional (STN), na noite da última sexta-feira (13). Em nota, a pasta informou que “medidas de contenção foram imediatamente aplicadas e a Polícia Federal, acionada”. imagem16-08-2021-00-08-35

O ransomware é um tipo de software malicioso (malware) usado por cibercriminosos para infectar um computador ou uma rede, bloqueando o acesso ao sistema, criptografando os dados e exigindo criptomoedas como resgate.

A Polícia Federal foi acionada para investigar o caso. Após avaliação inicial, governo diz que não verificou danos aos ‘sistemas estruturantes’ da Secretaria Nacional do Tesouro Nacional.

Os efeitos da ação criminosa estão sendo avaliados por especialistas em segurança do STN e pela Secretaria de Governo Digital.

” Nessa primeira etapa, foi avaliado que a ação não gerou danos aos sistemas estruturantes da Secretaria da Fazenda Nacional, como o Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) e os relacionados à Dívida Pública. As medidas saneantes estão sendo tomadas “, diz a nota.

Ransomwares

O bitcoin geralmente é a moeda de escolha para ataques de ransomware em grande escala, como o ataque ao Pipeline Colonial em maio. Enquanto algumas empresas conseguem recuperar a maioria dos arquivos criptografados, o assunto alimentou preocupações entre os reguladores no mundo todo sobre o uso de criptomoedas nesses casos.

O valor total de criptomoedas pagas a ataques de ransomware em 2020 aumentou 337% em relação ao ano anterior, para 406,34 milhões, de acordo com a empresa de análise de blockchain Chainalysis.

A mesma análise revela que $81,6 milhões já foram pagos por ataques de ransomware em 2021, embora o número real provavelmente seja muito maior, já que os casos atualmente não reportados se tornam conhecidos no tempo.

A partir de 2017 a a 2020, o número total de crimes relacionados com criptomoedas só nos EUA aumentou em uma média de 300% ao ano. Crimes relacionados à criptomoeda também aumentaram no Brasil no mesmo período, embora não tão dramaticamente.

A empresa brasileira JBS, que é a maior processadora de carnes do mundo, pagou um resgate de $11 milhões de dólares após sofrer um ataque de ransomware que estancou suas operações nos Estados Unidos, Austrália e Canadá.

Embora a maior parte das operações tenha sido restaurada, a empresa sediada no Brasil disse esperar que o pagamento evite quaisquer complicações adicionais, incluindo vazamento de dados.

Duas empresas estatais no Brasil já sofreram ataques de ransomwares neste ano, obrigando-os a encerrar algumas operações e serviços temporariamente. Em um caso, dados confidenciais foram roubados e vazados na internet, incluindo logins de acesso à rede e planos de engenharia.

O Superior Tribunal de Justiça, a Eletrobrás, a Companhia Paranaense de Energia (Copel), e a CEMIG foram algumas das vítimas este ano. Em nenhum dos casos havia informações sobre pagamento aos hackers, mas os sistemas foram paralisados por alguns dias.

Siga os Livecoins no Facebook, Twitter, Instagram e YouTube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados

Portal do Bitcoin Brasil
Wordpress Social Share Plugin powered by Ultimatelysocial
Facebook
Telegram
WhatsApp